Curiosidades sobre a Itália

A Itália é um país europeu conhecido também como o país da “bota”, pelo formato do seu território. Tem enorme influência em outros países do mundo pela sua cultura em geral, como nas artes, política, filosofia e gastronomia. Possui estreitos laços com o Brasil, cuja origem remete ao final da década de 1880, com a chegada de imigrantes europeus aqui em nosso país, principalmente de origem italiana.

Confira aqui dados e fatos interessantes sobre a Itália.

O Império Romano

Entre 27 aC e 476 dC constitui-se a maior civilização do mundo ocidental, nos campos político, militar, cultural: o Império Romano. A lenda diz que Roma teria sido fundada por Rômulo e Remo, gêmeos que teriam sido amamentados por uma loba. No ano 117 dC, no governo do Imperador Trajano, havia mais de 50 milhões de pessoas sob o domínio de Roma. O último imperador, Rômulo Augusto, caiu durante as invasões bárbaras em 476 dC. No entanto, o Império Romano no Oriente só seria dissolvido em 1453 pela Tomada de Constantinopla (atualmente Istambul, na Turquia), pelos turcos otomanos.

Roma

Roma, a cidade eterna, é uma espécie de museu a céu aberto. Para qualquer lugar que se olhe é impossível não se impressionar com a arquitetura secular de suas ruas e praças. A Fontana de Trevi, por exemplo, atrai milhares de turistas, que atiram mais de um milhão de euros em suas águas. Todo este dinheiro é empregado em projetos sociais ou destinado a instituições de caridade.

O Coliseu romano

Uma das construções mais imponentes de Roma, o Coliseu foi o principal destino do entretenimento dos romanos. Iniciado no século I dC e terminado seis anos depois, era o palco de batalhas entre os gladiadores, execuções, corridas de bigas, lutas entre homens e animais. Os festejos de inauguração do enorme teatro duraram cem dias, durante o governo do Imperador Tito. Na ocasião, morreram mais de 2.000 gladiadores e 9.000 animais.

A Gastronomia italiana

A gastronomia italiana é mundialmente conhecida e apreciada pelas suas pizzas, spaghettis, raviólis e lasanhas, além de  outras massas, sempre servidas com um bom vinho. Mas há outros pratos também interessantes, além das massas. A bruschetta é um pão torrado com azeite, sal, pimenta e manjericão, que são levados ao forno. O ossobuco é uma carne geralmente da parte traseira do boi, servida com o risoto de arroz com manjericão. Os pães também são famosos, com o panetone (ou panettoni, em italiano), feito com pão doce e originado de Milão. Diz a lenda que o padeiro Toni teria inventado pão para agradar a sua amada, filha de seu patrão. O pão caiu no gosto popular, que pediam o “Pão de Toni”, que acabou virando panetone.

O Vaticano

O Vaticano é uma cidade-estado, situada dentro de Roma, onde se encontra a Santa Sé, sede da Igreja Católica, estabelecido em 1929 pelo Tratado de Latrão. É também a casa do Papa, chefe maior do catolicismo e considerado como Bispo de Roma. O Baldaquino é o altar principal da Basílica, construído sobre o túmulo de São Pedro, onde somente o Papa pode entrar. A residência do Papa é o Palácio Apostólico, composto de 5.000 quartos. Uma das maiores coleções de artes do mundo encontra-se também no Museu do Vaticano. O espaço mais imponente, entretanto, é a Capela Sistina, concebida pelos mestres do Renascimento, Michelangelo, Rafael e Boticcelli.

Vulcões na Itália

A Itália é o país europeu com maior concentração de vulcões. O mais famoso deles é o Vesúvio que destruiu Pompéia, cidade bastante próspera do Império Romano, situada perto da bacia de Nápoles. Mesmo inativo durante mais de 1800 anos, o Vesúvio entrou em erupção em 79 dC, dizimando boa parte da população da cidade, algo em torno de   2000 pessoas. Curiosamente consta que, no dia anterior à erupção, houve celebrações em honra de Vulcano, o deus do fogo.

Futebol na Itália

O futebol é uma paixão nacional na Itália, assim como o automobilismo, principalmente com a escuderia Ferrari, de fórmula um. Os tifosi, denominação dada aos torcedores italianos, lotam os estádios para ver seus times e a seleção, também orgulho nacional. A rivalidade com o Brasil é grande. Em duas oportunidades, 1970 e 1994, as equipes disputaram a final da Copa do Mundo de Futebol, com vitória brasileira. Entretanto, também ficou na nossa memória e dos italianos a eliminação da seleção brasileira em 1982, pois o Brasil tinha um timaço de craques, mas não conseguiram deter Paolo Rossi, que marcou três gols na ocasião, conduzindo a Itália ao título mundial naquele ano.

Florença, Milão e Veneza

Além de Roma, estas três outras cidades também merecem um destaque para aquelas que vão à Itália.

Florença

Florença é especialmente cara para o turista, mas reúne uma arquitetura ímpar, além de abrigar obras de Michelângelo, Leonardo da Vinci, Medicis. Ainda é berço de Dante Alighieri, autor de A Divina Comédia, clássico da literatura universal.

Milão

Milão tem também marcos arquitetônicos que impressionam, mas é particularmente famosa como cidade polo da moda mundial. A Semana da Moda de Milão é um dos principais acontecimentos do setor no mundo.

Veneza

Veneza, por sua vez, é a cidade dos enamorados. A cidade é formada por um conjunto de ilhas, ligadas por canais, por onde circulam as gôndolas, passeio obrigatório para qualquer casal. Veneza é patrimônio mundial pela UNESCO e conta com 118 ilhas, 117 canais e mais de 400 pontes. O Carnaval de máscaras de Veneza atrai também os turistas, em uma festa que dura dez dias.

Anterior

Curiosidades sobre a Grécia

Curiosidades sobre a Inglaterra

           
Próximo

Deixe um comentário